Antonio Cairoli anuncia que vai finalizar a sua carreira ao final de 2021!

OffRoad 14/09/2021


Um dos maiores pilotos de MX de todos os tempos, Antonio Cairoli anunciou hoje em suas mídias o final de sua carreira de profissional, veja um treco do comunicado a seguir...

“Devo dizer-vos que não foi uma decisão fácil de tomar, mas chegou a hora de encerrar um capítulo da minha vida e abrir outro, não pode ser sempre Velocidade, Lama e Glória. Nunca parei para pensar como seria este momento e agora é um pouco impressionante estar aqui à sua frente. Vocês sabem que eu particularmente não gosto de falar sobre mim em público, mas vocês não são um simples público, vocês têm sido uma parte importante, fundamental, dos meus últimos 18 anos..."




A seguir o comunicado oficial da KTM:


Antonio Cairoli está concorrendo ao 10º Campeonato Mundial FIM em 2021, o numeral 222 ganhou 6 de seus 9 Campeonatos Mundiais FIM em máquinas KTM, Cairoli acumulou 93 vitórias em GPs e 177 pódios até o momento.



O italiano fornecerá sua experiência em segmentos-chave dentro do grupo KTM para o futuro.


Antonio ‘Tony’ Cairoli anunciou seus planos em uma coletiva de imprensa especial ao lado da administração da KTM em Roma, hoje. O italiano abrirá as cortinas para uma brilhante carreira no campeonato mundial, na qual se tornou estatisticamente o segundo piloto mais condecorado da história do esporte e o maior piloto de seu país no motocross.

É importante ressaltar que Tony deu à KTM o primeiro título da categoria rainha em 2010 (o quarto e o segundo em MXGP). Ele seguiu a conquista com mais quatro títulos - todos com a KTM 350 SX-F - antes de triunfar novamente em 2017 com a KTM 450 SX-F. Junto com Claudio de Carli e sua leal equipe técnica, Cairoli tem sido um pilar da equipe, imagem e programa de desenvolvimento da Red Bull KTM Factory Racing desde a primeira temporada de 2010. Ele ganhou pelo menos um Grande Prêmio em todos os seus 18 anos.



Atualmente, Tony ainda está na mistura para o cobiçado 10º título do Campeonato Mundial FIM. Antes do FIM MXGP da Sardegna (ITA) deste fim de semana, Cairoli acumulou uma vitória e cinco pódios em nove rodadas do 2021 MXGP. Ele é o terceiro na classificação e a apenas 29 pontos do topo da tabela.



A extensão do contrato de Cairoli com a família KTM significa que o italiano fornecerá sua experiência em vários segmentos e potenciais empreendimentos futuros dentro do grupo KTM, tudo com o objetivo de continuar a desenvolver o esporte do Motocross para todos os públicos.



Imagem de 2011 - foto de Carol Sarto...


Tony Cairoli: “Esta não é uma decisão fácil. Eu sempre disse que números e estatísticas não significam muito para mim. Acho que foi uma conquista para mim e para minha família ganhar um campeonato mundial, então ter uma carreira como essa é muito especial. Sinto que é o momento certo para parar. Tudo ao meu redor me faz parecer a decisão certa, e ainda estamos tentando conquistar o título este ano, então a motivação é alta para este desafio. Quero agradecer a todos aqueles que me ajudaram e apoiaram desde que vim para o campeonato mundial, e ao longo do caminho, na verdade. Houve muitos rostos e nomes e, claro, toda a empolgação e amor dos fãs. Eu me senti muito parte da família KTM desde o primeiro dia e continuaremos nosso trabalho e relacionamento juntos, mas agora de uma maneira diferente. Há muito mais a fazer na vida após 2021, mas por enquanto nosso objetivo é muito claro”.



Pit Beirer, Diretor de esportes motorizados da KTM: “Nossa história começou de uma maneira impressionante porque quando Tony veio para a KTM quando ainda não tínhamos conquistado um título na categoria rainha e também estávamos desenvolvendo a KTM 350 SX-F, então é como lá foram dois desafios para conquistar! Ganhar cinco campeonatos consecutivos e estabelecer o conceito 350 foi um grande marco para nós. Com o passar dos anos o relacionamento se estreitou e a amizade cresceu ainda mais. Muito do nosso sucesso tanto nos EUA quanto no MXGP veio por causa daqueles primeiros anos com Tony e a crença que ele tinha em nós e a visão para o futuro. É algo que não esquecemos e não vamos esquecer”.

Robert Jonas, VP de Motorsports Offroad: “Estamos imensamente orgulhosos de ter sido uma parte importante da história da carreira de Tony e de ter contribuído tanto para um dos melhores pilotos de motocross que o esporte já viu. Quando começamos a trabalhar juntos com uma motocicleta que era quase uma aposta para o nível mais alto do campeonato mundial naquela época, não acho que poderíamos ter imaginado o sucesso que viria, e o quão profundo Tony foi capaz de fazer sua impressão sobre MXGP. Ele tem fãs em todo o mundo e alguns dos maiores estão aqui mesmo na fábrica. Será estranho não ver aquela laranja # 222 na pista na próxima temporada, mas sua paixão por pilotar e sua experiência ainda serão grandes vantagens para nós. A história não acaba aqui. ”

Veja o vídeo da KTM em agradecimento a Cairoli #222